A Milessis foi fundada em 1997 e tem como filosofia de trabalho o atendimento às agências de viagens de todo o Brasil, com foco na qualidade de serviços, total suporte aos seus clientes e incansável qualificação de profissionais.

Siga-nos
GO UP
Image Alt

Jordânia

Viagem para Jordânia

Segundo a tradição, após a guerra judaica 66-70 d.C na qual o templo judeu foi destruído e os judeus e cristãos foram dispersos, estes últimos fugiram da Palestina para uma cidade chamada Pella, que fica a leste do rio Jordão, onde hoje é a Jordânia.

Da inquietante agrestia primavera de Wadi Rum, ao fervilhante centro urbano de Amman, das imponentes ruínas de civilizações perdidas ao esplendor intemporal do Mar Morto, a Jordânia impõe-se como um destino inigualável que proporciona paisagens misteriosas e arrebatadoras, alojamento de alta qualidade, uma gastronomia intensa e inúmeras atividades que cativam, motivam e rejuvenescem os seus visitantes.

Jordânia não tem saída para o mar, exceto por uma diminuta faixa costeira no Golfo de Aqaba. Seu território é majoritariamente constituído por áreas desérticas. O Mar Morto, que a Jordânia compartilha com Israel, é a região mais baixa de todo o planeta, situando-se a mais de 400 metros abaixo do nível do mar. O nome do país deriva do rio Jordão, que corta parte de seu território.

Considerada uma das regiões mais antigas do mundo, lar de diversos povos e dominada por muitos impérios, a Jordânia conta com uma rica história, demonstrada através das ruínas de cidades como Petra. Muitos povos citados na bíblia habitaram as terras da atual Jordânia, como os Edomitas, Moabitas e Amorreus. Suas terras foram dominadas pelos grandes impérios da antiguidade, como os assírios, babilônios, persas e sírios selêucidas.

Contemplar as manadas de gazelas e oryxes e as aves migratórias, acampar na Reserva Dana, percorrer os antigos percursos das caravanas desde as terras altas de Moab e Edom, percorrer as colinas arborizadas da Gilead bíblica ou experimentar os banhos de lama únicos e revigorantes do Mar Morto são apenas alguns dos exemplos dos tesouros à espera dos visitantes deste reino singular.

Venha para Jordânia e faça também parte desta história!

Início em domingos específicos: em 2019: 08 SETEMBRO / 13…
18 Dias
Valores à partir de U$ 2.029 em DBL –  Locais…
11 Dias

Cidadela de Amã

Amã, a capital da Jordânia, é o coração do país. Uma grande cidade de quatro milhões de habitantes e com muita vida. Bem no centro de Amã, no alto de uma colina, encontra-se a Cidadela, onde a cidade começou. O local foi construído ao longo do tempo, contando com influências de romanos, bizantinos e omíadas. Não sobrou muito das construções originais, mas ainda existem algumas colunas do Templo de Hércules, o Palácio Omíada, além de uma bela vista da cidade.

Teatro Romano de Amã

No centro de Amã, próximo a Cidadela, porém na parte baixa da cidade, está o Teatro Romano. Essa é a construção mais impressionante da cidade. O grande teatro, com capacidade para seis mil espectadores sentados, foi construído pelos romanos no século II.

Jerash

A apenas 50 km de Amã, localiza-se Jerash, a segunda principal atração turística do país. Jerash é uma das cidades romanas mais bem preservadas do mundo. Um local muito bonito, que está no roteiro da maioria dos turistas. Entre os principais prédios da cidade estão: dois teatros, dois templos, um hipódromo e uma charmosa praça.

Petra

Petra, a incrível cidade construída na pedra, é a principal atração turística da Jordânia. E não é para menos, o local é incrível e único. Uma das 7 Maravilhas do Mundo, a cidade possui impressionantes construções na pedra e até a entrada na cidade é inusitada. Caminhando no meio de um estreito desfiladeiro até chegar na impressionante Al Khazneh, a “Câmara do Tesouro”, que ficou famosa por causa do filme “Indiana Jones e a Última Cruzada”.

Mar Morto

É um dos locais mais interessantes do Oriente Médio e que atrai a curiosidade de qualquer turista. O famoso “mar” é o local mais baixo do mundo, está a 394 metros abaixo do nível do mar. Entretanto, o que mais chama a atenção é a quantidade de sal da água, o que faz qualquer pessoa boiar. O Mar Morto está na região central da Jordânia e faz fronteira com Israel.

Aqba

Próximo ao Wadi Rum fica Aqaba. Essa é a única cidade litorânea da Jordânia e um tradicional destino de férias jordaniano. Por ser banhada pelo Mar Vermelho, a região é boa para fazer mergulho, o que ajudou a desenvolver o turismo tanto em Aqaba quanto em Eilat, a cidade israelense vizinha. É justamente entre essas duas cidades, a fronteira terrestre entre os dois países mais utilizada pelos turistas.

Wadi Rum

No extremo sul do país, a 114 km de Petra, localiza-se o deserto mais famoso da Jordânia: o Wadi Rum. O deserto de tons alaranjados e rosas possui algumas paisagens naturais bastante interessantes. Além de fazer o tour de jeep durante o dia, muitos turistas passam a noite no deserto, em um acampamento beduíno, o que também é uma experiência muito interessante!

Idioma Oficial
Árabe
Moeda
Dinar jordano
Hora Local
EET(UTC+2)
DDI
+962
Ligação a cobrar
Não é possível realizar ligações a cobrar para o Brasil da Jordânia
Informações turísticas
http://www.visitjordan.com/
Melhor época
A melhor época para visitar a Jordânia são os meses de setembro e outubro e de abril e maio. Nestes períodos as temperaturas são agradáveis e muitas vezes o tempo está bom.
Os Voos
Não há companhias aéreas que voam diretamente de Brasil para Jordânia Outras companhias aéreas que voam para Jordânia Emirates American Airlines Alitalia Turkish Airlines Air France British Airways Qatar Airways Lufthansa Iberia
Embaixada do Brasil
17 Al Iskandarounah Street – Abdoun Amman, 11183, Jordan – Jordânia
Visto
Brasileiros necessitam de visto para entrada na Jordânia. Este visto pode ser obtido previamente em uma repartição consular da Jordânia no Brasil ou obter na chegada na Jordânia.

Blog

    Desculpe, nenhum post corresponde aos seus critérios.

kronosslot - Bodrum escort -

Slot siteleri