A Milessis foi fundada em 1997 e tem como filosofia de trabalho o atendimento às agências de viagens de todo o Brasil, com foco na qualidade de serviços, total suporte aos seus clientes e incansável qualificação de profissionais.

Siga-nos
GO UP
Image Alt

Croácia

Viagem para Croácia

Croácia recebe mais de 800 cruzeiros turísticos em seus portos nas principais cidades costeiras e nas 1.185 ilhas do país, e isso apenas no verão. Ao longo dos 1.778 quilômetros de extensão de sua costa, iates de europeus endinheirados disputam palmo a palmo um espaço no mar de água verde/azul-turquesa cristalina, enquanto locais bem vestidos passam o tempo entre cafés estilosos e butiques em alguma das diversas “old towns”.

A descrição acima caberia bem a qualquer trecho do litoral grego ou à Costa Amalfitana, na Itália, mas se aplica igualmente à Croácia, que começa a atrair os brasileiros aos poucos, mas que há pelo menos uma década ganhou o título de a “melhor praia da Europa”.

A primeira explicação está na localização: com o Mar Adriático em seu quintal, foi preciso apenas remodelar cidades já atrativas como Dubrovinik e Split para atrair os euros dos europeus com gostos mais refinados. Outro motivo é que, apesar de mais cara que outros países do centro-leste europeu, a Croácia ainda cobra preços convidativos para quem está acostumado a curtir férias em Ibiza ou Santorini. O mar é o grande cartão-postal desse país, mas dê uma chance ao conjunto de lagos que forma o parque nacional de Plitvice Lakes ou à culturalmente rica capital Zagreb para sentir um pouco do que tem a oferecer essa ex-nação da Iugoslávia que se tornou uma das maiores potências turísticas do continente.

Um passeio que vem ganhando muitos fãs na Croácia é o cruzeiro pela costa do Adriático. Desde o arquipélago de Zadar até Dubrovnik, ao sul, passando pelo paraíso do windsurfe em Brac e as montanhas e casas históricas de Hvar, Vis, Mljet e Jelsa, o turista fica mesmerizado com o belo espetáculo de ilhas rochosas, belo mar, história e natureza. Há ferries que ligam cada uma das ilhas e há boas pousadas em boa parte delas. Por terra, cidades como Zagreb estão ligadas a cidades turísticas importantes do centro da Europa como Budapeste (6 horas de viagem), Viena (6h40) e Munique (8h30), com reservas feitas através da DB Bahn. Chegar de carro também é uma excelente opção, principalmente para aqueles que planejam conhecer lugares mais isolados, incluindo a Eslovênia.

O aluguel de carro dentro e fora da Croácia é muito simples e as estradas são, no geral, bem mantidas e sinalizadas. Na hora de cruzar a fronteira haverá uma checagem de passaporte e aduana e também será necessário pagar a taxa de pedágio, que pode ser feita em euros, kuna ou mesmo em cartão de crédito. Com sua longa história e localização geográfica, a cultura croata é um tanto heterogênea, repleta de influência de povos que por aqui passaram. O mesmo vale para sua culinária, rica e variada. Na costa dálmata a oferta de pescados e pratos típicos gregos, vênetos e italianos estão bastante presentes, enquanto que em Zagreb e nas regiões montanhosas há claras inspirações húngaras, turcas e austríacas. Portanto, não se surpreenda em achar, com bastante frequência, especialidades regionais como goulash, apfelstrudel, baklava, nhoque e pimentões recheados nos restaurantes locais.

Venha para a Croácia e faça também parte desta história!

16 dias incluindo Munich, Salzburgo, Hallstatt, Liubliana, Bled, Zagreb, Sarajevo,…
16 Dias / 15 Noites
16 dias incluindo Praga, Viena, Liubliana, Bled, Zagreb, Postojna, Sarajevo,…
16 Dias / 15 Noites
14 dias incluindo Viena, Liubliana, Bled, Postojna, Zagreb, Sarajevo, Mostar,…
14 Dias / 13 Noites

Cidade medieval de Dubrovnik

Dubrovnik não virou cenário de Game of Thrones à toa. Ela é uma das mais belas e bem conservadas cidades medievais do mundo todo – embora ande sendo meio soterrada pelo turismo de massa, assim como Veneza e outros locais históricos cheios de charme. Lotada de gente ou não, faça chuva ou faça sol, Dubrovnik é a mais imperdível das coisas imperdíveis o que fazer na Croácia. Seus dois quilômetros de muralhas abrigam um impressionante conjunto de ruazinhas, prédios, igrejas, monumentos e fontes que datam desde o século 12 erguidos entre o Monte de São Sérgio e o azul infinito do Mar Adriático.

Parque dos Lagos Plitvice

O parque nacional dos lagos Plitvice – ou ‘Plitvicka Jezera’ em croata – abriga um conjunto de 16 lagos interligados por inúmeras cachoeiras. Ele é dividido em duas partes: a dos ‘lagos baixos’ e a dos ‘lagos altos’. A primeira leva a fama de ser a mais bonita, já que seus quatro lagos são ornados por paredões de pedra de até 40 metros de altura e porque é nela que está localizada a ‘Great Waterfall’, a maior cachoeira da Croácia. A segunda é maior e abrange nada menos do que 12 lagos, todos ligados por um sem número de quedas d’água. O parque está localizado na região central da Croácia, a 133 quilômetros da cidade turística de Zadar e também a 133 quilômetros da capital, Zagreb.

Palácio de Diocleciano (Split)

O Palácio de Diocleciano foi a residência imperial fortificada construída pelo imperador Diocleciano na costa da região croata da Dalmácia com o fim de para ali viver os últimos anos de vida após a sua abdicação, em 305 DC. É um dos edifícios mais bem conservados da Antiguidade e se espalha pelas ruelas da cidade de Split, 230 quilômetros ao norte de Dubrovnik e 410 quilômetros ao sul da capital, Zagreb. É impossível não ver as muralhas que antigamente delimitavam o palácio assim que você se aproxima do centro histórico. Para entrar em grande estilo, você pode optar pelo Porta Áurea, a única original que ainda resta e que fica do lado oposto ao do calçadão à beira-mar de Split.

Praia Banje (Dubrovnik)

Não bastasse ser uma das cidades medievais mais incríveis do mundo, Dubrovnik – no extremo sul da Croácia – ainda tem uma praia belíssima. A faixa de areia fica a uma curta caminhada pelo lado de fora das muralhas, saindo pelo Portão Ploce e passando o restaurante East-West. Você já fica babando com a paisagem antes mesmo de descer as escadas, pois o mar muito azul faz um contraste surreal com as muralhas medievais ao fundo.

Centro histórico de Zagreb

Localizada no norte da Croácia, já próximo da fronteira com a Eslovênia, Zagreb, a capital do país, não costuma servir para mais do que um pernoite aos viajantes que chegam das atrações do sul e vão pegar o avião no dia seguinte de volta a suas casas. Mas a capital do país tem uma boa dose de história para contar e pode render um dia bem interessante no seu roteiro de viagem, mesmo não sendo a número um entre as coisas imperdíveis o que fazer na Croácia. Além disso, é limpa, calma, segura, cheia de parques verdes, bares e restaurantes para se fartar a preços que você não encontra nas badaladas cidades turísticas.

Ilha de Hvar (Split)

Popular por suas praias de águas cristalinas – agitadas por beach clubs da moda ou completamente desertas – a Ilha de Hvar está localizada na costa da Dalmácia, no sul da Croácia. Esta porção de terra pode ser visitada de duas formas. Se hospedando nela e passando alguns dias descobrindo todas as suas dezenas de pequenas praias e baías escondidas, ou fazendo um bate-volta de ferry desde a cidade de Split, outro famoso destino turístico croata. A Praia de Hula Hula é a mais popular da ilha e fica a apenas 20 minutos de caminhada do píer de Hvar Town.

Fortaleza Lovrijenac (Dubrovnik)

Para ter a vista mais sensacional da muralhas que circundam a cidade medieval de Dubrovnik você vai ter que sair de dentro delas. Basta cruzar o Portão Pile e descer para a pequena baía à esquerda, de onde você já verá logo à frente – no topo dos rochedos – a Fortaleza Lovrijenac. São cerca de 15 minutos de caminhada para chegar até este bastião de defesa que não faz parte do circuito central de muralhas de Dubrovnik e que foi construído a 37 metros de altura, no século XI. O lugar impressiona tanto pela vista que se descortina dos seus três terraços quanto pela robustez do prédio em si, já que algumas de suas paredes chegam a ter 12 metros de espessura.

Rua Tkalciceva (Zagreb)

Localizada na parte baixa do centro histórico, ela é super fácil de encontrar, pois corre paralela à rua Radiceva e fica entre várias atrações da cidade, com o ‘Stone Gate’ ao norte, a Praça Ban Jelacic ao sul, a Catedral de Zagreb à leste e a Torre Lotrscak à oeste. Não tem como se perder. Uma vez na Tkalciceva, basta percorrer os animados bares, restaurantes e cafés até encontrar aquele que mais lhe agrade. O Escolha Viajar recomenda o Ozujsko Pub Tkalca, no número 16. O lugar está sempre lotado e, às vezes, é preciso esperar por um lugar para sentar.

Calçadão de Split

Em Split, além das ruínas do Palácio de Diocleciano, você vai se deliciar com uma parte bem mais moderna da cidade: o calçadão à beira-mar. Chamado pelos locais de Riva, ele se estende por toda a parte histórica da cidade e chega até o píer, de onde saem os ferries para várias ilhas da Croácia e também destinos da Itália e outros países. Embora a reforma da Riva tenha sido fonte de controvérsia na cidade – por ter como tema linhas brancas e limpas, que em nada combinavam com a parte medieval logo atrás -, ela com certeza é unanimidade entre os turistas.

Dubrovnik Cable car

O ‘Dubrovnik Cable Car‘, ou teleférico de Dubrovnik em velho e bom português, é uma atração à parte em uma cidade que é ponto turístico por si só e uma das coisas imperdíveis o que fazer na Croácia. Embora exista desde 1969, o bondinho é moderno e espaçoso, levando até 120 pessoas por vez ate a estação no topo da colina. De lá, você terá uma vista espetacular da cidade medieval, o Mar Adriático e ilhas próximas do alto de 405 metros de altura! Você pode admirar tudo na segurança do terraço demarcado, onde há restaurante panorâmico, loja de souvenires e binóculos.

Idioma Oficial
Croata
Moeda
Kuna Croata (HRK)
Hora Local
UTC+1 Horário de verão* UTC +2 * Todos os anos, à partir do último domingo de março até o último domingo de outubro.
DDI
+385
Ligação a cobrar
0800 99 00 55
Informações turísticas
http://www.croatia.hr/es-ES
Melhor época
Entre abril e setembro, sendo julho o mês mais quente.
Os Voos
As companhias aéreas que levam até a Croácia são: Qatar Airways, Iberia, Brititsh Airways, KLM, Tap, Air France, Lufthansa, Turkish Airlines.
Embaixada do Brasil
Embassy of Brazil in Zagreb – Trg Nikole Šubića Zrinskog 10/I – 10000 Zagreb
Visto
Não é necessário visto para brasileiros em viagens à lazer por até 90 dias.

Blog

kronosslot - Bodrum escort -

Slot siteleri